Categorias
Educação

Vamos falar de raça sim

Vamos falar de raça sim

Uma das principais razões que motivou a existência e construção do projeto da Escola da Árvore foi a quase inexistência de crianças negras nas escolas visitadas quando procurávamos um espaço para colocar nossa criança. A pergunta então era: como aproximar vínculos e diminuir esse abismo racial? E aí vamos falar de raça sim, porque a não racialização de brancos se dá justamente no universo hegemônico segregacionista da branquitude. Assim, há cinco anos estamos aqui trabalhando esse racismo nosso de cada dia, criando estratégias sinceras para trazer para todas as crianças referências negras tanto no corpo docente, na literatura, na história, fortalecendo nossas teias de respeito, afeto e entendendo que protestar é importante mas que por si só não repara os danos da desigualdade. Quando ensinamos sobre a escravidão, os livros didáticos não nos servem, a Isabel não é princesa de ninguém e a libertação do povo preto só virá quanto todos nós entendermos sobre a responsabilidade do privilégio branco e sobre como precisamos estar a serviço de uma outra construção social. Acreditamos que nossos estudantes devam crescer fortalecidos e capazes de, criticamente, produzir laços da empatia e esvaziar os afãs da guerra. Por uma pedagogia antirracista agora, para que as crianças possam viver suas diferenças e semelhanças como riqueza cultural e ancestral, e se tornem aliadas verdadeiras nessa luta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *